Carregando...

Política

Imagem: Divulgação/ALMG

Assembleia aprova, em primeiro turno, projeto que regulamenta transporte rodoviário de passageiros

No contexto do projeto, está a regulamentação do aplicativo Buser, conhecido como o "Uber dos ônibus", que, agora, terá seu funcionamento dificultado por ter que cumprir novas exigências para efetuar o serviço de fretamento

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, em primeiro turno, o projeto de lei 1155/2015, que faz alterações na regulamentação do transporte rodoviário de passageiros e fretamentos em Minas Gerais. O texto, de autoria do deputado Alencar da Silveira Jr. (PDT), teve apoio de 42 deputados contra 15. 

No contexto do projeto, está a regulamentação do aplicativo Buser, conhecido como o "Uber dos ônibus", que, agora, terá seu funcionamento dificultado por ter que cumprir novas exigências para efetuar o serviço de fretamento. 

Em justificativa, deputados argumentaram que o projeto leva segurança jurídica ao Estado, uma vez que existem contratos em andamento entre empresas de ônibus e o governo.

A Buser, em nota, "lamentou" que a ALMG "insista na votação de um projeto de lei que, se aprovado, prejudicará imensamente todo o setor e turismo do Estado. O projeto de lei 1155/2015 tem o claro objetivo de defender as grandes empresas de ônibus, que cobram caro por um serviço precário, combatendo a modernidade e a inovação no setor de transporte rodoviário do Estado".

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais