Carregando...

Política

Imagem: Divulgação/Agência Brasil

BHP Billiton sinaliza que pode aceitar pagamento de R$ 50 bi em novo acordo de Mariana

O acordo é referente ao rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, em novembro de 2015, e pode ser fechado em moldes parecidos com o que foi realizado no acordo da Vale, por conta da barragem de Brumadinho

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


Interlocutores da mineradora BHP Billiton sinalizaram, nas últimas semanas, que a empresa topa pagar cerca de R$ 50 bilhões no acordo de reparação que é negociado entre a União e os governos de Minas e do Espírito Santo. 

O acordo é referente ao rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, em novembro de 2015, e pode ser fechado em moldes parecidos com o que foi realizado no acordo da Vale, por conta da barragem de Brumadinho. 

Além da BHP Billiton, negociam com as autoridades as mineradoras Samarco e Vale. A Vale, até o momento, demonstrou resistência em pagar a outra fatia de R$ 50 bilhões. 

A expectativa do governo mineiro é que o acordo tenha um valor total de até R$ 100 bilhões a serem desembolsados em cinco anos. O montante é quase quatro vezes maior que o acordo inicial acertado em 2016.  

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais