Carregando...

Política

Imagem: Reprodução / Instagram

Bruno Engler é deletado do Instagram e classifica rede social como "censura"

Deputado Estadual criticou medida tomada pelo site, e classificou decisão como "unilateral"

Por Lucas Rage

O deputado estadual Bruno Engler (PRTB) teve seu perfil oficial deletado no Instagram.

Segundo o parlamentar, a medida aconteceu na última terça-feira (12), e foi arbitrária.

Ainda segundo Engler, ele teria sido censurado por divulgar medidas de tratamento precoce contra a Covid-19

“Amanhã (quarta-feira) estarei tomando as medidas judiciais cabíveis”, afirmou Bruno Engler. “Passei tranquilamente pela Covid, tomando aqueles remédios que são proibidos de serem divulgados. Certamente um dos motivos que pesou nos meus inúmeros cortes de alcance e também na censura da página, completou.

Bruno Engler ainda questionou a revelia das redes sociais, no que diz respeito a páginas com conteúdo de esquerda. “Deixo aqui uma reflexão: vocês já viram algum parlamentar de esquerda tendo sua página deletada pelas redes sociais? Alguma página de esquerda que mente descaradamente, que faz imagens do presidente decepado, em chamas, que pregam a violência, que defendem droga, aborto, a sexualização de crianças? Nada lhes acontece”, afirmou ele, que chamou a censura de “unilateral”


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais