Carregando...

Política

Imagem: Divulgação/Taesa

Cemig é notificada a não avançar com venda da Taesa até que documentação seja analisada pelo TCE

Tribunal não suspendeu o processo de venda, mas recomendou que a estatal não faça a venda de das ações até que a Unidade Técnica faça a análise

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


A Cemig foi notificada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MG), nesta quarta-feira (7), para que o procedimento de venda da transmissora Taesa não avance até que o corpo técnico da Corte analise toda a documentação do processo - que ainda será enviado. Essa negociação é um dos principais pontos levantados para a abertura da CPI da Cemig, na ALMG, que tem sua primeira reunião nesta quinta-feira (8).

Na notificação, o TCE não suspendeu o processo de venda da Taesa, como havia sido solicitado por deputados estaduais em requerimento, mas recomendou que a Cemig não faça a venda de das ações da transmissora até que a Unidade Técnica do TCE faça a análise da documentação. 

A expectativa dentro do TCE, aliás, é que a análise da documentação conclua que a venda seja suspensa.

A participação da Cemig na Taesa, de 21,6% do capital social, é avaliada em R$ 12 bilhões. O deputado Professor Cleiton (PSB), primeiro signatário do pedido de abertura da CPI na ALMG, tem afirmado que o procedimento da estatal é irregular e suspeito, uma vez que a principal empresa interessada no negócio, a colom Isa, já foi dirigida pelo atual chefe da Cemig, Reynaldo Passanezi.

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais