Carregando...

Política

CPI da Caixa-Preta: presidente da BHTrans será o primeiro a depor

Diogo Prosdocimi será ouvido na próxima quarta-feira (2), pelos vereadores que integram a Comissão

Por Lucas Rage

(PBH / Divulgação)

A CPI da Caixa-Preta da BHTrans definiu, nesta quarta-feira (26), a primeira pessoa a prestar depoimento na Comissão. Trata-se de Diogo Prosdocimi, presidente da empresa responsável pela gestão do transporte e trânsito de Belo Horizonte. 

O presidente da BHTrans será ouvido na próxima quarta (2), às 10h, no plenário Helvécio Arantes, na condição de testemunha. Ele deverá prestar informações sobre a empresa, a situação em que a encontrou quando assumiu o cargo, no início deste ano, e que medidas foram adotadas para corrigir os problemas detectados no começo de sua gestão.

A CPI também definiu, para 2 de junho, o prazo para apresentação do cronograma de trabalho da Comissão, que ficará a cargo do relator, vereador Reinaldo Gomes (MDB).

Esta foi a segunda reunião da comissão que investiga a gestão do transporte público de BH — e a primeira presidida pelo vereador Gabriel Azevedo (Patriota), escolhido para coordenar os trabalhos.

Durante a sessão, Azevedo pediu que os demais vereadores e a população de Belo Horizonte colaborem com a investigação, e encaminhem sugestões de temas a serem apurados e denúncias de ilegalidades e abusos cometidos pela BHTrans e por concessionárias.

Transformação do transporte público de BH

Além do convite a Prosdocimi e a definição do cronograma, a CPI aprovou ainda a juntada dos documentos já solicitados pela Comissão Especial, que vai encaminhar ao Executivo Municipal um projeto para a transformação do sistema de transporte público da capital. O objetivo da anexação dos documentos é agilizar as investigações da CPI.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais