Carregando...

Política

CPI da Covid: Semana terá depoimentos de Ernesto Araújo e Eduardo Pazuello

Comissão também vai ouvir Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde

Por João Henrique do Vale

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia entra na terceira semana com depoimentos de ex-ministros do Governo Federal. Nesta terça-feira, será ouvido Ernesto Araújo, que esteve à frente da pasta de Relações Exteriores, e, na quarta-feira, Eduardo Pazuello, que comandou a Saúde. Os senadores consideram os dois como peças-chave para esclarecer as conduções de enfrentamento da pandemia de Covid-19. 

Pazuello será ouvido na quarta-feira. O ex-ministro estava no comando da Saúde quando a Pfizer fez uma oferta de 70 milhões de doses de imunizantes ao Brasil, segundo o presidente regional da empresa na América latina, Carlos Murillo. Em 11 de fevereiro deste ano, durante sessão no Plenário do Senado, Pazuello afirmou que eram somente 6 milhões ofertadas pela Pfizer.

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu habeas corpus na sexta-feira (14) ao ex-ministro da Saúde para que ele tenha o direito de ficar em silêncio na CPI da Covid sempre que entender que as perguntas podem levá-lo ao risco de produzir prova contra si.

O pedido ao STF foi feito pela Advocacia-Geral da União (AGU). O órgão solicitou também que Pazuello ficasse imune a algumas medidas, entre as quais a prisão. 

Ernesto Araújo 

Marcado para terça-feira (18) às 9h, o depoimento do ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo atende a pedidos de senadores que querem que ele explique a condução da diplomacia brasileira durante a pandemia. A relação do Brasil com a China deve ser um dos pontos mais questionados pelos parlamentares da CPI da Pandemia.

Já na quinta-feira (20) está marcado o depoimento de Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde. Ela deverá explicar aos senadores a defesa de medicamentos antivirais durante a crise de oxigênio em Manaus (AM) no início do ano. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais