Carregando...

Política

Imagem: Divulgação/Mineirão

Cruzeiro vai ao STJD para tentar liberar 30% de público em jogos no Mineirão

A CBF, até o momento, mantém a política de que os torcedores só poderão retornar aos estádios depois que todos os clubes puderem retornar ao mesmo tempo

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


O Cruzeiro entrou, nesta quinta-feira (29), no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), com um pedido para que o Mineirão possa ter público em seus jogos, dentro das regras estabelecidas pela Prefeitura de Belo Horizonte nesta semana. A iniciativa, inédita no futebol brasileiro desde o início da pandemia, foi articulada por Sérgio Santos Rodrigues, presidente do clube e advogado militante na área desportiva. 

A CBF, até o momento, mantém a política de que os torcedores só poderão retornar aos estádios depois que todos os clubes puderem retornar ao mesmo tempo. Na avaliação do Cruzeiro, isso prejudica as equipes de cidades que já possuem índices mais controlados da pandemia. 

Na terça-feira (27), a Prefeitura de BH liberou público de até 30% do limite do Mineirão e do Independência, com a obrigatoriedade, ainda, do uso de máscaras e teste PCR negativo para entrar na arquibancada. Os torcedores terão, ainda, que manter distanciamento.

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais