Carregando...

Política

Imagem: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Deltan Dallagnol é exonerado do Ministério Público Federal

Ex-procurador deve sair candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de 2022

Por Victor Duarte

O ex-coordenador da Operação Lava Jato Deltan Dallagnol foi exonerado nesta sexta-feira (5) do cargo de procurador da República, da carreira do Ministério Público Federal (MPF). Dallagnol deixou o Ministério Público "a pedido". A exoneração é assinada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. A portaria com a decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU), ainda declara vago o cargo antes ocupado por Dallagnol.

Dallagnol anunciou nesta quinta-feira (4), pelo Twitter, que iria deixar o MPF para "fazer melhor e fazer diferente diante do desmonte do combate à corrupção que está acontecendo".

Segundo apuração da reportagem, o agora ex-procurador da República deve seguir os passos do ex-juiz Sérgio Moro e entrar para a política, disputando uma vaga à Câmara dos Deputados em 2022. A expectativa é de que se filie ao mesmo partido escolhido por Moro para disputar as eleições do próximo ano, o Podemos, liderado pelo senador Alvaro Dias, também do Paraná, assim como Moro e o próprio Dallagnol.

Com informações de Agência Estado

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais