Carregando...

Política

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). A medida foi tomada na tarde desta quarta-feira (17), minutos depois que o STF manteve a prisão em flagrante do parlamentar por crime inafiançável.

A denúncia da PGR é uma acusação formal que, se recebida, torna o parlamentar investigado e dá início à ação penal. Como Silveira tem foro privilegiado, cabe ao Supremo analisar o caso.

A prisão de Daniel foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes. A medida foi tomada após a divulgação de um vídeo de quase 20 minutos, onde o parlamentar ataca ministros do Supremo. Daniel está preso na Superintendência da Polícia Federal, na capital fluminense.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais