Carregando...

Política

Imagem: Reprodução

Ex-vereador, sargento da reserva da PM de Minas convoca reservistas para "destituir ministros do STF"

Na semana passada, à coluna, o porta-voz da PMMG, o tenente-coronel Flávio Santiago, afirmou que a polícia mineira irá sempre respeitar a Constituição Federal

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


Ex-vereador de Divinópolis, o sargento da reserva da PM de Minas, Elton Geraldo Tavares, publicou um vídeo em suas redes sociais em que convoca policiais da reserva a participarem de uma manifestação no dia 7 de setembro para "destituir dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF)". A fala é considerada por especialistas como antidemocrática e criminosa, uma vez que representaria ameaça às instituições.

"Convocamos os guerreiros e patriotas para o sete de setembro, que será a nossa segunda independência, 95% dos PM veteranos ou da ativa são cristãos, vamos apoiar e destituir esses dois ministros do STF que estão acabando com o país, ingerindo o governo Bolsonaro", diz o ex-vereador, que, em 2020, disputou o cargo de prefeito de Divinópolis, mas fracassou e terminou em 5º lugar na disputa, conquistando pouco mais de 5 mil votos. O sargento Elton atuou na Câmara de Divinópolis por apenas um mandato, entre 2017 e 2020.

Na semana passada, à coluna, o porta-voz da PMMG, o tenente-coronel Flávio Santiago, afirmou que a polícia mineira irá sempre respeitar a Constituição Federal. "A PM de Minas é uma instituição de Estado, não de governo. Todas as missões constitucionais serão feitas, sobretudo no campo da preservação da ordem pública, independente do mandatário. A PM vai sempre trabalhar e ratificar suas missões constitucionais", afirmou o coronel.

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais