Carregando...

Política

Fim do toque de recolher visa evitar liminares contra o Minas Consciente

Secretário-Geral do Governo de Minas, Mateus Simões participou do Central 98 desta terça-feira (6) e explicou que ajustes na onda roxa devem ser confirmados em reunião nesta quarta

Por Da redação

O toque de recolher foi suspenso em Minas Gerais mesmo durante a Onda Roxa do Plano Minas Consciente. A decisão foi tomada após uma reunião entre o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais , Gilson Soares Leme; o secretário-geral de governo do Estado, Mateus Simões; o advogado-geral do Estado, Sérgio Pessoa; o procurador-geral de Justiça adjunto, Carlos André Bittencourt e o deputado estadual Bruno Engler (PRTB), na noite de ontem. Além da suspensão do toque de recolher ficou permitida também as reuniões familiares.

Em participação no Central 98 desta terça-feira (6), o secretário-geral do Governo de Minas, Mateus Simões, disse que a medida visa evitar que eventuais medidas liminares suspendam o programa Minas Consciente.

"Nosso grande objetivo é garantir que não teríamos o risco de uma liminar contra o Minas Consciente. Por isso resolvemos ajustar duas regras da onda roxa que não vão ter grande impacto sanitário", explicou.

Além do fim do toque de recolher, o governo irá permitir as visitas, mas ainda sem festas e aglomerações.

A decisão já está valendo desde ontem e deve ser confirmada em reunião amanhã do comitê de enfrentamento à Covid-19.

Confira a entrevista completa:



Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais