Carregando...

Política

Imagem: Governo do ES / Divulgação

Governadores de Minas e Espírito Santo se reúnem com Pacheco para discutir o acordo de Mariana

A ideia é criar um acordo similar ao fechado em fevereiro deste ano sobre o desastre de Brumadinho

Por Da Redação

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) e o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), se encontraram em Brasília na manhã desta terça-feira (24) com Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente do Senado Federal, para tratar de um possível acordo sobre o desastre de Mariana. No dia 5 de novembro de 2015, uma barragem de rejeitos de minérios da empresa Samarco rompeu e causou a morte de 19 pessoas. Os danos chegaram até o Espírito Santo.

A ideia é criar um acordo similar ao fechado em fevereiro deste ano sobre o desastre de Brumadinho. Neste caso, foram 270 mortes (10 seguem desaparecidas), além dos prejuízos ao meio ambiente, porém nenhuma reparação como esta no acordo de Brumadinho aconteceu para as vítimas de Mariana.

 Rodrigo Pacheco destacou que o pacto não passa pelo Senado diretamente, mas salientou o apoio à causa dos governadores e disse que os governos precisam se reunir agora com União, ministérios públicos e integrantes do Judiciário para costurar um possível acordo, tendo como inspiração o relativo a Brumadinho.

 O secretário-geral de Estado, Mateus Simões; a secretária de Planejamento e Gestão, Luísa Barreto; o advogado-geral do Estado, Sérgio Pessoa; e o secretário-adjunto de Planejamento e Gestão, Luís Otávio Milagres, acompanharam Zema no encontro.

Pelo lado capixaba, além de Casagrande, estiveram presentes o procurador-geral do Estado, Jasson Amaral; e o secretário de Estado de governo, Gilson Daniel Batista.

 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais