Carregando...

Política

Mesária e eleitor são presos por boca de urna no 2º turno em Minas

Prisões foram realizadas em Governador Valadares, na Região do Rio Doce, e Juiz de Fora, na Zona da Mata

Por João Henrique do Vale

A boca de urna foi mais uma vez coibida nas eleições em Minas Gerais.  Neste domingo,  dia do 2º turno da escolha para prefeito, duas pessoas foram presas no território mineiro por cometerem o crime. Entre elas,  uma mesária.

De acordo com a Polícia Federal (PF),  a mulher foi detida em Governador Valadares,  na Região do Rio Doce. A corporação não deu detalhes de como o crime aconteceu.

Outro eleitor foi detido em Juiz de Fora,  na Zona da Mata. Nos dois casos, foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), sendo os presos liberados.

Neste domingo, a PF utilizou drones nas operações em Contagem,  na Grande BH,  e Juiz de Fora. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais