Política

  1. Notícias
  2. Política
  3. Novo aciona TRE contra Kalil por propaganda eleitoral fora de época
Imagem: Reprodução / Redes sociais

Novo aciona TRE contra Kalil por propaganda eleitoral fora de época

Partido acusa o ex-prefeito de Belo Horizonte de pedir votos durante viagem a Teófilo Otoni


Por João Henrique do Vale

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TER-MG) vai analisar uma ação do partido Novo contra o ex-prefeito Alexandre Kalil (PSD) por pedir “expressa e explicitamente” votos fora do período permitido para a campanha eleitoral. Essa é a segunda representação do partido contra o pré-candidato ao Governo de Minas. 

De acordo com a ação, durante um discurso em Teófilo Otoni, em 2 de junho, Kalil afirmou a apoiadores: “(...) [podem contar com] a minha boa vontade, o meu caráter e a minha palavra..., mas eu preciso do engajamento e do voto maciço dessa região para mim, pro Alexandre, pros Deputados (...)”, afirmou. O vídeo também foi publicado nas redes sociais do ex-prefeito. 

Para o Partido Novo, “tendo em vista que o Representado praticou propaganda eleitoral em período vedado, a presente representação deverá ser julgada procedente”

Na ação, solicitou que ao TRE a aplicação de multa de R$ 25 mil a Kalil. Ou, a condenação do em outro valor, de modo a puni-lo pelas condutas praticadas, bem como coibir sua prática reiterada, tendo em vista faltar mais de dois meses para o período permitido para realizar propaganda eleitoral.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa de Alexandre Kalil informou que o departamento jurídico não foi notificado e vai se manifestar nos autos quando receber a notificação.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais