Carregando...

Política

A Procuradoria-Geral da República (PGR) recorreu nesta segunda-feira (15) da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que anulou as quebras dos sigilos do senador Flávio Bolsonaro no âmbito das investigação do caso das "rachadinhas".

A PGR pede que o caso seja levado ao Supremo Tribunal Federal (STF). A solicitação será analisada pelo vice-presidente do STJ, Jorge Mussi.

A decisão que anulou a quebra do sigilo de Flávio Bolsonaro foi tomada em fevereiro pela Quinta Turma do STJ.

A primeira decisão, que determinava a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador, havia sido tomada em abril e junho de 2019 pelo juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. Na ocasião, o caso das “rachadinhas” ainda estava na primeira instância.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais