Carregando...

Política

Imagem: Divulgação/STF

Por e-mail, advogada de BH pede ajuda a ministros do STF para convencer Bolsonaro a indicá-la ao Supremo

Mineira tentou auxílio de ministros para contato com o Planalto; e-mail, obviamente, viralizou entre juristas e advogados de BH

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


Ser indicado para ocupar uma cadeira do Supremo Tribunal Federal (STF) é o sonho de muitos juristas, mas uma advogada de Belo Horizonte decidiu usar meios incomuns para buscar um espaço na Corte. Na última quinta-feira (8), Fabiana Rocha Marques enviou um e-mail aos ministros do STF pedindo que eles a respaldassem junto ao presidente Jair Bolsonaro para que ela pudesse "competir" com o então favorito ao posto, o atual chefe da Advocacia Geral da União, André Mendonça - que foi indicado formalmente pelo Planalto nesta terça-feira (13).

O e-mail, como era de se esperar, viralizou entre advogados e juristas de Belo Horizonte. "Diante do exposto, manifesto meu desejo de concorrer a vaga com o citado (André Mendonça), motivo pelo qual encaminho este e-mail, concomitante a todos os Exmos. Srs., Ministros do Supremo Tribunal Federal, para ciência, e, principalmente, para solicitar de V. Exas., permissão para que eu realize o feito", escreve a advogada.

Além do respaldo pedido aos ministros, a Dra. Fabiana Rocha Marques ainda solicita que a assessoria do Supremo encaminhe um documento, também por e-mail, ao Planalto. "Se possível, que alguém da Assessoria possa encaminhar o documento em anexo, cujo título é: “PRESIDENTE BOLSONARO_ ADVOGADA PEDE SUA INDICAÇAO AO CARGO MINISTRA STF”, que consiste em meu pedido ao Presidente Sr. JAIR MESSIAS BOLSONARO, para minha indicação a vaga de Ministra do STF, haja vista que não há nenhum e-mail disponível para acessar o Presidente Bolsonaro", escreve, relatando ainda que ela não tem condições de enviar o documento ao Twitter de Bolsonaro. "Eu não tenho nenhum tipo de acesso ao mesmo, ele possui twitter, mas não teria como enviar o documento, apenas escrever uma mensagem. O documento supra citado é destinado exclusivamente ao Presidente, não faz nenhuma menção sobre V. Exas., é o meu pedido de indicação do citado, para que eu possa concorrer a vaga. Muito obrigada". 

Os ministros ainda não retornaram.

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais