Carregando...

Política

Imagem: Divulgação/ALMG

Por suspeita de grampos e escutas, Polícia Civil e PM vão fazer "pente-fino" em gabinetes da ALMG

Na última sexta-feira, deputados apresentaram um requerimento pedindo a ação dos especialistas; peritos do Senado também podem pintar na Casa para inspecionar os telefones dos gabinetes

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


Especialistas da Polícia Civil e da Polícia Militar vão fazer, na tarde desta terça-feira (10), um "pente-fino" em todos os gabinetes de deputados da Assembleia Legislativa de Minas (ALMG) para checar se existem grampos e escutas nos escritórios políticos.

A ação será realizada após pedido da Mesa Diretora da ALMG. Na semana passada, o deputado estadual Professor Cleiton (PSB) disse, na abertura da CPI da Cemig, estar preocupado com a possibilidade de haver grampos e escutas nos gabinetes e telefones dos parlamentares.

Na última sexta-feira, deputados também apresentaram um requerimento pedindo a ação dos especialistas. Além do pente-fino, peritos do Senado também podem pintar na Casa para inspecionar os telefones dos gabinetes.

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais