Carregando...

Política

Imagem: TV Justiça / Reprodução

Presidente do STF Luiz Fux critica Bolsonaro e cancela reunião entre Poderes

Decisão foi anunciada hoje em plenário da Côrte, e é resposta a ataques constantes do presidente a integrantes do Judiciário

Por Lucas Rage

A briga entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e integrantes do Judiciário ganhou mais um capítulo, na tarde desta quinta-feira (5).

Desta vez, o ataque partiu do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, que teceu críticas às declarações dadas por Bolsonaro na noite de quarta-feira.

"O presidente da República tem reiterado ofensas e ataques de inverdades a integrantes desta Corte, em especial os ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Sendo certo que, quando se atinge um dos integrantes, se atinge a Corte por inteiro”, afirmou Fux, no plenário do STF. “Além disso, sua excelência [Bolsonaro] mantém a divulgação de interpretações equivocadas de decisões do plenário bem como insiste em colocar sob suspeição a higidez do processo eleitoral brasileiro", completou.

Como resposta, Fux anunciou o cancelamento da reunião entre os chefes dos Três Poderes, que havia sido acordada em 12 de julho durante encontro entre Fux e Bolsonaro. O encontro tinha por objetivo azeitar as relações entre as três instâncias.

“O pressuposto do diálogo entre os poderes é o respeito mútuo entre as instituições e seus integrantes", declarou Fux, ao apresentar sua decisão. “Diálogo eficiente pressupõe compromisso permanente com as próprias palavras. O que, infelizmente, não temos visto no cenário atual”, completou.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais