Carregando...

Política

Toffoli autoriza PF a ouvir Milton Ribeiro por possível crime de homofobia

PGR pediu investigação para apurar o crime de homofobia após declarações de Milton Ribeiro em entrevista

Por Da redação (Com Estadão Conteúdo)

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a Polícia Federal a ouvir o ministro da Educação, Milton Ribeiro, sobre o possível crime de homofobia. Toffoli determinou que o ministro seja ouvido antes de uma eventual decisão sobre o pedido de abertura de inquérito para investigar o caso.

A autorização se baseou em entrevista publicada pelo Estadão, no dia 24 de setembro. Na reportagem, Ribeiro atribui a homossexualidade de jovens a "famílias desajustadas". O vice-procurador-geral reputou as declarações do ministro como "manifestações depreciativas a pessoas com orientação sexual homoafetiva" e disse que Milton Ribeiro fez "afirmações ofensivas à dignidade do apontado grupo social".

Nos últimos dias, o ministro tem se aproximado ainda mais do presidente Jair Bolsonaro. No final de semana, ele recebeu o presidente em sua casa para uma confraternização. Antes disso, esteve com o presidente na casa do colega Gilmar Mendes quando foi batido o martelo pela indicação de Kassio Mendes para a vaga de Celso de Mello no Supremo.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais