Carregando...

Saúde

Imagem: Cremerj/Divulgação

Anvisa quer que Ministério da Saúde explique a ampliação de dose de reforço

Agência quer saber quais são os embasamentos da pasta para o novo esquema vacinal

Por João Henrique do Vale

O Ministério da Saúde terá que explicar quais são os elementos técnicos que embasaram a decisão de ampliar a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para todos os brasileiros maiores de 18 anos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) enviou um ofício à pasta cobrando informações. 

A ampliação do público para a terceira dose da vacina foi divulgada na terça-feira pelo ministro da saúde Marcelo Queiroga. No dia seguinte, a Anvisa afirmou que não foi consultada sobre a decisão.

No ofício enviado ao Ministério da Saúde, a agência solicita informações sobre os elementos técnicos que embasaram a ampliação, “com a finalidade de apoiar as melhores ações de monitoramento e farmacovigilância do novo esquema vacinal adotado no país”. “Os esclarecimentos solicitados são necessários sob o ponto de vista sanitário, especialmente no que se refere ao monitoramento do uso dos novos esquemas vacinais no Brasil, principalmente diante da competência da Agência, disciplinada pelo art. 8º da Lei 9.782/1999”, informou a Anvisa. 

O órgão afirma, ainda, que reconhece e estimula os movimentos que visam a ampliação da vacinação contra a Covid-19 no Brasil. “Ações com esse objetivo apontam para o compromisso com a saúde pública e reforçam que a vacinação é a forma mais eficaz de prevenir essa doença, incluindo as suas consequências mais graves, como hospitalização e óbito”, completou. 

A Rede 98 entrou em contato com o Ministério da Saúde e aguarda um posicionamento sobre o caso. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais