Carregando...

Saúde

BH não tem mais vagas de UTI para tratamento da Covid-19

Rede SUS superou os 100% de ocupação nas UTIs nesta segunda-feira; Rede privada entra em colapso e não tem nem vagas de enfermarias

Por Fernando Motta

Belo Horizonte não tem mais leitos de UTI para tratamento da Covid-19. O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda-feira (22) mostra a rede SUS com ocupação de 101,4%, o que significa que há pacientes na fila aguardando por tratamento intensivo.

Na rede privada, a situação é ainda mais delicada. Sem leitos de UTI desde a quarta-feira (17), os hospitais particulares agora não têm nem leitos de enfermaria disponíveis. Nessas unidades, a ocupação de UTIs está em 114,4% e de enfermarias em 107,6%.

Na rede pública, a ocupação de enfermarias é de 75,8%.

BH supera marca de 3 mil mortes

A capital mineira superou a marca de 3 mil mortes pela Covid-19, chegando a 3.020 vítimas. O número subiu em 32 em relação ao boletim de sexta-feira. 

Belo Horizonte tem 132.201 casos confirmados da Covid-19. Deste total, 8.640 continuam em acompanhamento.

Taxa de transmissão volta ao nível amarelo

O único ponto positivo registrado no boletim epidemiológico desta segunda-feira é a taxa de transmissão da doença, chamada de RT, que aparece com queda de 0,05 pontos, ficando em 1,17 e indo para o nível de alerta amarelo.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais