Carregando...

Saúde

A baixa procura por vacinas em Minas Gerais preocupa as autoridades de saúde. Prestes a terminar, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomelite não atingiu, sequer, metade do público-alvo. A cobertura vacinal está em 46,82%.

A poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos e, em casos graves, pode levar a paralisias musculares, em geral nos membros inferiores, ou até mesmo à morte. A vacinação é a única forma de prevenção.

A campanha nacional de vacinação vai até sexta-feira. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG), a estimativa é de vacinar 1.034.782 crianças. Porém, até essa segunda-feira, apenas 484.495 doses foram aplicadas.

Outra preocupação é com a baixa procura pela vacina contra o sarampo. De acordo com a SES, a cobertura vacinal está em 35,35%. A estimativa é que 5,9 milhões de pessoas ainda não foram vacinadas.

O sarampo é uma doença viral, infecciosa aguda, grave, transmissível, altamente contagiosa e comum na infância. A evolução da doença pode originar complicações infecciosas com amigdalites, otites, sinusites, encefalites e pneumonia, que podem levar à óbito.

Último balanço da SES mostra que são 21 casos confirmados de sarampo neste ano, sendo oito em Belo Horizonte. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais