Saúde

  1. Notícias
  2. Saúde
  3. Cidades da Grande BH são acusadas de exigir autorização por escrito para vacinar criança
Imagem: Agência Brasil

Cidades da Grande BH são acusadas de exigir autorização por escrito para vacinar criança

Pelo menos quatro municípios estariam exigindo uma autorização que vai contra ao que pede o Ministério da Saúde


Por Da Redação

Algumas cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) estariam exigindo uma autorização especial de pais ou responsáveis para que crianças de 05 a 11 anos recebessem a vacina contra a covid-19. A situação foi denunciada pelo portal G1

De acordo com os relatos de moradores, casos foram constatados em Lagoa Santa, Vespasiano, Esmeraldas, Itaguara e Florestal. Em geral, essas cidades estariam cobrando a assinatura de um termo por escrito que declara que o responsável pelo menor concorda com a vacinação. Tal conduta vai, inclusive, contra ao que recomenda o Ministério da Saúde. 

A prefeitura de Lagoa Santa disse que é uma questão de comodidade aos pais. “A forma que nós temos na área da saúde é fazer o registro e na área pública, tudo é escrito. Um é um termo de consentimento, outro é o termo de autorização para que um terceiro leve o seu filho. Vai trazer inclusive uma comodidade aos pais quando for feito a segunda dose e, possivelmente, nas doses de reforço. Então é fundamental ter esse documento porque depois a gente vai fazer a vacina nas escolas, onde o menino está estudando”, disse em nota.

Já a prefeitura de Vespasiano negou que estivesse cobrando a declaração. “A Prefeitura de Vespasiano, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que o município não está exigindo termo de consentimento para vacinação contra covid-19 de crianças. A cidade segue as orientações da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais e o termo de consentimento de vacinação contra a COVID-19 é exigido apenas quando a criança não está acompanhada pelos pais ou responsáveis. O adulto que acompanha a criança no ato da vacinação apresenta a autorização previamente preenchida e assinada pelos pais ou responsáveis.”, explicou a prefeitura em nota enviada para a redação da Rede 98.

A reportagem não conseguiu contato com as demais prefeituras.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais