Carregando...

Saúde

Imagem: Marcello Oliveira / 98 Live

Com avanço da covid-19 entre não vacinados, NYC dará $100 para quem se vacinar

Prefeitura de Nova York vai desembolsar o valor para aqueles que tomarem a primeira dose ou a dose única da vacina para estimular a vacinação, que ficou estacionada; máscaras voltam a ser recomendadas

Por Marcello Oliveira

Os Estados Unidos têm assistido uma escalada considerável de novos casos e uma pequena alta de internações em enfermarias. Apesar disso, os números de internações em UTI´s e de mortes por covid-19 se mantêm em níveis baixos.  Outros dados provam que a vacinação é o caminho mais eficaz para acabar com a pandemia. Do total de novos casos positivos, 98% é de pessoas não vacinadas e quase 100% dos hospitalizados por covid-19 nas últimas semanas não tinham recebido a vacina. 

O Centro de Controle de Doenças, órgão dos Estados Unidos responsável pelo combate às pandemias, voltou atrás e recomendou que pessoas que receberam vacina contra o coronavírus voltem a usar máscaras quando estiverem em ambientes fechados, de acordo com a circunstância.

A preocupação é com a variante delta, que é mais contagiosa e pode infectar aqueles que já receberam duas doses de vacina, de acordo com relatórios de saúde. 

Quase metade (48,8%) da população americana já recebeu duas doses de vacina, de acordo com a plataforma Our World In Data. São cerca de 163 milhões de pessoas.

Uma recomendação especial foi feita para que, mesmo entre os vacinados, seja mantido o uso de máscaras em escolas por professores, funcionários, alunos e visitantes de escolas.

Nova York dará USD 100 a quem se vacinar

Em uma nova tentativa para alavancar a vacinação contra a covid-19, a cidade de Nova York vai pagar uma quantia de US$ 100 (o equivalente a cerca de R$ 517) a quem procurar um posto de vacinação para se imunizar contra o coronavírus.

O incentivo será oferecido para quem tomar a primeira dose ou dose única a partir da próxima sexta-feira (30). Esta não é a primeira medida que busca incentivar a vacinação nos EUA por meio de uma "premiação". Governos locais nos EUA já ofereceram incentivos tão distintos quanto cerveja, desconto no supermercado, donuts grátis por um ano, ingresso para jogo de beisebol, flores, bilhetes da loteria, cigarro de maconha e até o sorteio de um Chevrolet Camaro.

De Blasio também anunciou que todos os funcionários municipais - incluindo professores e policiais - serão obrigados a se vacinar até meados de setembro. Quem se recusar será submetido a testes semanais.

O prazo final de 13 de setembro, quando cerca de 1 milhão de alunos devem retornar às salas de aula, mostra a importância da reabertura das escolas para a recuperação da cidade e para o legado político do prefeito.



Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais