Carregando...

Saúde

Covid-19 atingiu mais profissionais de UPAs e de transporte público em BH

Dados fazem parte de inquérito sorológico feito pela Prefeitura de Belo Horizonte

Por João Henrique do Vale

Os profissionais de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Belo Horizonte são os que mais contraíram a Covid-19. Em seguida, vem os profissionais que atuam no transporte público, em padairas, centros de saúde e drogarias. Os dados são do inquérito sorológico realizado pela Prefeitura para verificar a transmissão da doença nos empregados dos serviços essenciais.

Nas UPAs, dos 467 voluntários testados, 6% tiveram anticorpos contra a doença, o que significa que foram contaminados. Entre os motoristas, cobradores e atendentes do transporte público, das 722 pessoas testadas, 5,26% estavam infectadas.

Já entre os profissionais das padarias, 4,38%, tiveram anticorpos para doença, no centros de saúde, 3,82%, se encontravam nesta situação,  e 3,35% dos profissionais de drogarias também testaram positivo. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais