Carregando...

Saúde

Especialista diz que poderá haver multa para quem não se vacinar contra a Covid

Decisão do Supremo na última sexta autoriza medidas restritivas para quem não se vacinar contra Covid-19. Professora Luciana Nepomuceno diz que vacinação é compulsória, mas não é forçada

Por Da redação

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na última sexta-feira (18) autorizou medidas restritivas para quem não se vacinar contra Covid-19.

O Central 98 desta segunda-feira (21) conversou com a professora e advogada Luciana Nepomuceno, que falou que pode-se sim ser determinada uma multa para quem descumprir a medida.

Segundo Luciana, essa seria uma medida parecida com o que ocorre em relação à votação obrigatória, já que quem não vota e não justifica sua ausência tem de pagar uma multa posteriormente.

A professora esclarece que a vacinação é compulsória, mas não é forçada. "É compulsória, mas não pode ser forçada. A pessoa não vai te pegar em casa e te levar para tomar vacina. Pode haver medidas restritivas caso se recuse. Pode ser proibido de entrar em um avião, por exemplo", explica.

Confira a entrevista completa:



Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais