Carregando...

Saúde

Imagem: Arte: reprodução internet

Ocupação de leitos de UTI para covid-19 volta ao nível de alerta em BH

Índice chegou a cair para o nível amarelo no boletim anterior, mas teve pequena alta, ficando no limite das faixas de classificação; leitos de enfermaria registrou queda e transmissão por infectado permaneceu estável em nível de controle

Por Marcello Oliveira

A ocupação de leitos de UTI específicos para covid-19 em BH, que havia deixado ontem o nível crítico, voltou ao patamar vermelho, segundo o boletim epidemiológico divulgado na noite desta quarta-feira (23) pela prefeitura de Belo Horizonte. Apesar disso, a ocupação de leitos de enfermaria exclusivos para covid-19 caiu, se mantendo no nível amarelo e a transmissão média do vírus por infectado permaneceu sem alterações, no nível verde, considerado de controle, já que está abaixo de 1,00 há 21 dias.

 Na terapia Intensiva, a ocupação foi de 69,1% na terça-feira (22) para 70,1% nesta quarta-feira (23), já na zona vermelha, mas no limite com a faixa amarela, onde estava no boletim de terça.

A ocupação nas enfermarias voltou a cair e foi de 55,4% no boletim anterior para 54,1% hoje, mas se mantendo no nível amarelo.

A transmissão por infectado na cidade permaneceu em 0,94 se consolida no nível verde, considerado uma zona de controle da transmissão local do coronavírus, há 22 dias. Isso significa que cada 100 infectados, transmite o vírus para outras 94 pessoas, revelando que a transmissão já está em um nível de controle na cidade, uma vez que ele está nessa condição mais favorável há mais de duas semanas.

Os números de novos casos e de óbitos, porém, ainda preocupam muito por estarem muito altos. Em 24 horas, foram registrados 1.356 novos casos de covid-19 em BH e 20 pessoas morreram no mesmo período.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais