Saúde

  1. Notícias
  2. Saúde
  3. Ômicron: variante pode se tornar predominante em MG, nas próximas semanas
Imagem: Reprodução / Imprensa MG

Ômicron: variante pode se tornar predominante em MG, nas próximas semanas

Informação foi divulgada pelo secretário de estado de saúde, Fábio Bacchereti


Por Lucas Rage

A Ômicron pode se tornar a variante predominante da Covid-19 em Minas, nas próximas semanas.

Informação foi divulgada nesta quinta-feira (6) em coletiva de imprensa do Secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti. Ainda segundo o chefe da pasta, apesar da cepa o número de óbitos no município permanece em queda.

“Certamente estamos na migração de Delta para Ômicron, é questão de algumas semanas. A ômicron será, sem dúvida nenhuma, quase 100% das nossas amostras. Ela é muito infectante, mas bem letal do que a Delta”, afirmou Baccheretti. “É questão de tempo em que a Ômicron vai extrapolar 50% das amostras e alcançar quase 100%. Mas essa não é a fotografia do estado hoje”, completou. Minas ainda não tem óbitos registrados, relacionados à nova cepa da Covid-19.

Conforme o balanço apresentado nesta quinta-feira, Minas Gerais vê um aumento de internações em leitos de enfermaria, principalmente devido ao aumento de casos de outras doenças — como o vírus da Influenza.

“Há um aumento ainda nos casos de Covid-19 entre vacinados, que não evoluem para casos graves” afirmou Baccheretti.

Flurona em MG

Ainda segundo Fábio Bacchereti, o estado investiga 6 suspeitas da dupla infecção de Covid e Influenza — a chamada ‘Flurona’. Apesar da combinação ter 3 confirmações por prefeituras mineiras, o diagnóstico da SES/MG sobre a doença deve sair somente amanhã.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais