Saúde

  1. Notícias
  2. Saúde
  3. Prefeitura amplia aplicação da dose de reforço contra a Covid-19
Imagem: Divulgação

Prefeitura amplia aplicação da dose de reforço contra a Covid-19

É necessário aguardar a convocação da Prefeitura para procurar um local de vacinação; dose de reforço deve ser aplicada quatro meses após a segunda dose


Por Da Redação

Na próxima semana, a Prefeitura de Belo Horizonte inicia a aplicação da dose de reforço conta a Covid-19 para trabalhadores do transporte coletivo e rodoviário de passageiros, metroviários, ferroviários, aeroviários, caminhoneiros, trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e trabalhadores de educação. Também serão convocadas para receber a dose de reforço, as pessoas de 59 e 58 anos. Estas convocações seguem o intervalo de 4 meses da segunda dose.

Outras faixas etárias e grupos que já estão no novo prazo para receber a dose de reforço serão convocadas de forma gradativa, de forma a evitar aglomerações nos locais de vacinação. É necessário aguardar a convocação da Prefeitura para procurar um local de vacinação. Podem receber a dose de reforço pessoas cuja segunda dose tenha completado 4 meses.

Confira o cronograma atualizado da vacinação em Belo Horizonte:

Dia 28/12, terça-feira: dose de reforço para pessoas com comorbidades, de 54 a 50 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar cartão de vacina, documento de identidade e CPF;

Dia 29/12, quarta-feira: dose de reforço para pessoas com comorbidades, de 49 a 42 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar cartão de vacina, documento de identidade e CPF;

Dia 30/12, quinta-feira: dose de reforço para pessoas com comorbidades, de 41 a 18 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 31/12, sexta-feira: repescagem da dose de reforço para gestantes, puérperas, pessoas com deficiência permanente (com e sem BPC) e com síndrome de Down – a partir de 18 anos, e para pessoas com comorbidades, com idade entre 59 e 18 anos. A dose de reforço é aplicada em pessoas cuja segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar cartão de vacina, documento de identidade e CPF;

Dia 03/01, segunda-feira: dose de reforço para trabalhadores do transporte coletivo e rodoviário de passageiros, metroviários, aeroviários, ferroviários, caminhoneiros, trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 04/01, terça-feira: dose de reforço para trabalhadores da educação infantil, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 05/01, quarta-feira: dose de reforço para trabalhadores da educação do ensino fundamental, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 06/01, quinta-feira: dose de reforço para trabalhadores da educação do ensino médio, profissionalizante, EJA (Educação jovens e adultos) e superior, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;

Dia 07/01, sexta-feira: dose de reforço para pessoas de 59 e 58 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais