Carregando...

Saúde

SP amplia restrições e terá toque de recolher entre 20h e 5h em fase emergencial

A nova classificação prevê restrições a 14 atividades, o que deve restringir a circulação de 4 milhões de pessoas diariamente

Por Marcello Oliveira

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), determinou que todo o Estado estará em "fase emergencial" entre a próxima segunda-feira, dia 15,até 30 de março. A nova classificação prevê restrições a 14 atividades, o que deve restringir a circulação de 4 milhões de pessoas diariamente. Além do comércio não essencial, que já estava fechado na fase vermelha, agora ficarão impedidos lojas de construção, celebrações religiosas, atividades esportivas coletivas e serviços de retirada de compras. Também foi determinado um toque de recolher entre as 20 e as 5 horas da manhã todos os dias.

As partidas marcadas para este fim de semana do Campeonato Paulista de Futebol estão mantidas, pois a medida passa a valer  a partir da segunda-feira.

As 14 atividades com restrições são: escritórios, call center, jurídico e atividades administrativas; estabelecimentos comerciais; administração pública; restaurantes, bares e padarias; transporte coletivo e individual; educação básica; comércio para eletrônicos; tecnologia; comércio para materiais de construção; ensino superior e outros ramos de educação; supermercados e similares; hotelaria; esportes; e telecomunicações. Serviço de Drive-Thru de lanchonetes só poderão ocorrer até as 20h e os serviços de coletas de compras (take away) estão proíbidos. Coordenador do Centro de Contingência do Covid-19, Paulo Menezes calcula que cerca de 40 vidas por dia serão salvas com a medida.

O número de internados em UTI hoje no Estado de São Paulo é 47% maior do que na primeira onda, em 2020.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais