Carregando...

Saúde

A vacina russa Sputnik V tem eficácia de 91,4%, segundo anúncio feito na manhã desta terça-feira, por representantes do governo russo e do Instituto Gamaleya, fabricante da vacina. A análise de fase 3 foi feita com 40 mil voluntários. A vacina russa é aplicada em duas doses, com intervalo de 21 dias, e não apresenta efeitos colaterais significativos. Em fase dois, os russos tinham anunciado uma eficácia um pouco maior, acima de 95%. Os resultados não foram ainda publicados em revista científica. 

A análise dos dados considera o uso do imunizante em 18.794 pessoas. 14.095 destas receberam a vacina em ambas as doses e as outras 4.699 receberam uma substância inativa, o chamado placebo. Alguns dos participantes dos testes tiveram dor no ponto de injeção e sintomas semelhantes aos da gripe, o que não é considerado evento adverso grave.

A temperatura de armazenamento da Sputnik V é de 2°C e 8°C, o que facilitaria sua distribuição e armazenamento. A capacidade de produção russa é de 1 bilhão de doses. Isso seria o suficiente para imunizar 500 milhões de pessoas com duas doses para cada.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais