Cidades

  1. Notícias
  2. Cidades
  3. Zema reduz ICMS da gasolina, energia elétrica, telefonia e internet; saiba os impactos
Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Zema reduz ICMS da gasolina, energia elétrica, telefonia e internet; saiba os impactos

O Governo de Minas seguiu a lei aprovada no Congresso que estipula um teto para a cobrança do imposto


Por João Henrique do Vale e Paulo Leite

O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) terá redução em Minas Gerais. Com isso, o preço da gasolina, energia elétrica, serviços de telefonia e internet, devem sofrer redução. O anúncio da queda do imposto foi feito pelo governador Romeu Zema (Novo), na manhã desta sexta-feira, nas redes sociais. 

A partir de hoje, os impostos sobre o combustível e os outros serviços vão passar para 18%. Antes, era de 31% na gasolina, 30% na energia elétrica, e 27% na comunicação. 

“Assino hoje o Decreto que reduz o ICMS da gasolina, energia elétrica, serviços de telefonia e internet em Minas. O imposto da gasolina era 31%, energia elétrica 30% e comunicação 27%. Todos passarão para 18% em nosso Estado a partir de hoje”, afirmou Romeu Zema. 

A medida foi tomada pelo governador depois que o Congresso Nacional aprovou o limite de cobrança no ICMS. Com isso, diesel, gasolina, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo, passaram a ser classificados como essenciais e indispensáveis, o que impede que os estados cobrem taxa superior à alíquota geral de ICMS, que varia de 17% a 18%, dependendo da localidade.

A estimativa do Governo de Minas é de um impacto de aproximadamente R$ 12 bilhões, somente na alíquota da gasolina. Deste total, a redução seria de R$ 9 bi para o Estado e outros R$ 3 bi para os municípios. 

Redução nas contas 

Com a queda na alíquota do ICMS o que se espera é uma redução no valor do combustível e dos outros serviços. A Rede 98 fez as contas de quanto os valores podem cair. Veja abaixo: 

Gasolina 

Um litro de gasolina valor médio de R$ 7 tem hoje incidência de ICMS de R$ 2,17 passará a ter R$1,26, uma redução direta de R$ 0,91

Energia elétrica 

Uma conta de energia de R$ 100 tem hoje R$ 30 de incidência do ICMS. Com a redução, a alíquota vai representar R$18 do total, uma redução direta de R$ 12

Telefonia e internet 

Uma conta de telefone e internet de R$ 200 hoje tem incidência de R$ 54 de ICMS. Com a redução, o impacto passa a ser de R$ 36, redução direta de R$ 18. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais