Carregando...

Política

Imagem: Divulgação

Militares da reserva avançam na criação de novo partido, o "Defensores"

Segundo o ex-policial Washington Xavier, o próximo passo é colher assinaturas para apresentar o pedido de criação do partido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Notícias

Lucas Ragazzi

Jornalista dos programas Central 98 e 98 Talks, especialista em política


Um grupo de militares da reserva, tanto das Forças Armadas quanto da Polícia Militar de vários Estados, busca a criação de um novo partido, o "Defensores". Nesta terça-feira (27), eles tiverem o registro deferido da nova legenda no Cartório de Registros de Brasília. O CNPJ, segundo membros da iniciativa, deve ficar pronto já na próxima semana.

Segundo o policial Washington Xavier, que disputou a Prefeitura de Belo Horizonte no ano passado pelo PMB, o próximo passo é colher assinaturas para apresentar o pedido de criação do partido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). "Temos uma estratégia montada para essa etapa. Acredito que em 40 dias estaremos com todas as fichas coletadas e certificadas", pontua o Cabo Xavier, que será o presidente nacional do novo partido.

O Defensores, aliás, ainda não existe, mas já tem pré-candidato à Presidência da República. Trata-se do Brigadeiro da Força Aérea Átila Maia. O militar da reserva tem articulado uma candidatura a cargos diferentes desde 2018, quando se filiou ao PRTB.

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais