Carregando...

Cruzeiro

Imagem: Divulgação/Cruzeiro

Com redução de gastos, Cruzeiro divulga balanço do 1º semestre de 2021

O balanço apontou uma melhoria de R$ 40 milhões com relação ao déficit do mesmo período do ano passado.

Por Thais Santos

O Cruzeiro divulgou o balanço do primeiro semestre de 2021, que apontou uma melhoria de mais de R$ 40 milhões nos resultados ajustados. No mesmo período de 2020 o clube celeste apresentou um déficit de R$ 53 milhões, já em 2021, o saldo continua negativo, mas caiu para R$ 12 milhões. Apenas com a venda de atletas foram arrecadados R$ 19 milhões, resultando em um aumento de 47% com relação ao mesmo período de 2020, os valores se referem às vendas do zagueiro Cacá ao Tokushima Vortis e Jadsom Silva ao Bragantino. Com relação às receitas de patrocínio, o clube arrecadou R$ 17 milhões, 21% a mais que no ano passado.

Os gastos com o futebol profissional nos primeiros seis meses de 2021 chegaram a R$ 49 milhões, o que representa uma redução de 9%. Do valor total, R$ 3,7 milhões foram gastos com empréstimos e contratações de atletas. Já no setor administrativo, o clube contabilizou R$ 3 milhões em gastos com despesa de pessoal, resultando em uma redução de 28% com relação ao mesmo período de 2020.

A Raposa também informou que vem fazendo investimentos nas categorias de base, gastou no primeiro semestre desse ano, R$ 4,5 milhões com despesas de pessoal e investiu o valor de R$ 1,3 milhão em saúde, alimentação e materiais esportivos para os atletas. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais