Carregando...

Cultura

Imagem: Reprodução

Feriado em casa? Quatro dicas de filmes e documentários gastronômicos pra curtir de boa!

Do sushi ao churrasco: pegue o seu refrigerante (ou cerveja) e pipoca (ou torresmo) e curta a seleção de filmes!

Entretenimento

Nenel Neto

Entusiasta dos botecos, apresentador do Buteco 98 e jornalista do perfil Baixa Gastronomia no Instagram


Neste ano, o feriado nacional de 12 de outubro – dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil – cai em uma terça-feira. Sendo assim, muita gente vai emendar. Para essas pessoas, o descanso já começa no sábado (9).

E que tal aproveitar essa folga para assistir a apetitosos filmes e documentários que abordam temas relacionados à gastronomia?

Os canais de streaming estão cheios de opções, e aqui vai uma lista detalhada com quatro produções sobre o tema, para você assistir a uma por dia, de sábado à terça-feira.

Então pegue a pipoca (ou o torresmo), o refrigerante (ou a cervejinha) e se prepare para a diversão! 

1. IL Cibo Va (Uma Jornada Culinária “Food on the Go” – Netflix)

Boa ideia é começar, ainda no sábado, pelo delicioso “IL Cibo Va (Uma Jornada Culinária)”, documentário ítalo-argentino de 2017. Se prepare para babar com as lindas imagens de comidas do País da Bota, que colorem os 65 minutos da obra.

O viés do documentário é mostrar como a comida italiana conquistou seu lugar nos escalões da herança gastronômica global, graças aos milhões de imigrantes italianos que se espalharam pelo mundo, em especial em Nova Iorque e Buenos Aires, as duas cidades retratadas no documentário.

Especialistas em gastronomia, donos e funcionários de restaurantes em Nova Iorque e Buenos Aires falam sobre as influências e as adaptações que as comidas italianas receberam com o passar do tempo no continente americano. Tudo com muita fartura, muito molho e muito queijo.

“IL Cibo Va (Uma Jornada Culinária)” está disponível na Netflix.


 2. Sushi à la Mexicana (Netflix)

Você não precisa gostar de comida japonesa para torcer pelo sucesso de Juana, a protagonista do longa metragem “Sushi à la Mexicana”, lançado em 2014.

Juana é uma mãe solteira mexicana-estadunidense que encontra um propósito em sua vida profissional ao tentar se tornar uma chef de sushi.

Com bonitas imagens de sashimis e nigiris de atum, o filme começa mostrando a dura vida de Juana em Oakland, na Califórnia, já que ela acorda todos os dias antes das 4 da manhã para ajudar o pai a preparar o carrinho de frutas dele. Depois ela ainda deixa a filha na escola e vai para o seu outro trabalho, em que ela limpa equipamentos de ginástica e banheiros de uma academia de ginástica local.

A sua grande jornada começa quando ela vê uma placa na porta de um restaurante japonês. Nela estava escrito que havia uma vaga de ajudante de cozinha no estabelecimento.

Ela não só consegue o emprego, como se destaca, já que é uma talentosa cozinheira que consegue cortar com extrema facilidade qualquer tipo de alimento, e de maneira muito rápida.

Mas Juana passa a sonhar em trabalhar no balcão de sushi da casa, onde o chef é o talentoso Aki, que se torna o seu aliado.

Ela enfrenta obstáculos culturais e de gênero para realizar o seu sonho. Além de ser mexicana, Juana é mulher, e enfrenta dificuldades para entrar no mundo do sushi tradicional, onde o patriarcado ainda é muito forte.

A trama é tão deliciosa quanto o atum cru, habilmente cortado por Juana, ou quanto a carne assada à moda mexicana, cozinha que ela também domina.

“Sushi a la Mexicana” está disponível na Netflix.


3. Todo Sobre el Asado (Netflix)

“Na Argentina não há nada mais importante do que fazer um asado”. A frase é do humorista argentino Negro Àlvarez, ator que protagoniza o documentário “Todo Sobre el Asado”, que mostra a importância cultural do churrasco na Argentina.

Asado (com um S) é o nome que os argentinos dão para o que aqui chamamos de churrasco.

“Todo Sobre el Asado” é uma aula sobre cortes de carne.

Bife de chorizo, ojo de bife, asado de tira, molleja.... Todos estão muito bem explicados por quem trabalha nas fazendas, nos matadouros, nos açougues, nos restaurantes estrelados, nas churrascarias de beira de estrada e ainda pelo ‘asador’, que é o churrasqueiro.

O documentário também debocha da paixão cega e desenfreada dos argentinos pelo asado.

É uma espécie de reportagem divertida sobre os argentinos e sua relação com a carne, que inclui ternura, amizade, psicologia e até sexismo.

“Todo Sobre el Asado” está disponível na Netflix.


 4. Chef (Amazon Prime Video)

A dica para fechar o feriado em alto astral é o saboroso “Chef”, filme protagonizado pelo ator Jon Favreau, que interpreta Carl Casper, um cozinheiro nascido em Miami e residente em Los Angeles, que trabalha em um daqueles restaurantes franceses que estão sempre lotados.

Casper não é o dono do lugar, ele é um empregado. Interpretado por Dustin Hoffman, o proprietário do restaurante se preocupa apenas com os resultados financeiros, e exige que Casper repita os mesmos pratos tradicionais de sempre.

Frustrado, o chef Casper é forçado a servir a um crítico de restaurantes influente o menu tradicional do restaurante, ao invés de mostrar a sua criatividade, como ele desejava. O resultado é uma crítica contundente que não apenas detona as receitas, mas também insulta sua circunferência, sugerindo que o chef tem consumido todas as refeições enviadas de volta para a cozinha. É um golpe em sua própria alma.

A relação entre Casper e o dono do restaurante entra em colapso.

O chef tem então uma lição em primeira mão sobre os perigos da mídia social quando seu filho, de 10 anos, mostra a ele como criar uma conta no Twitter para que ele possa acompanhar a reação aos comentários desagradáveis do crítico. Quando Casper acidentalmente responde ao crítico publicamente, isso desencadeia uma guerra de insultos, bem como resulta em um vídeo viral dele perdendo a paciência no restaurante, que no final das contas o deixa numa situação ridícula.

Sem emprego, Casper decide recomeçar a sua carreira do zero, com a ajuda de uma conta no Twitter e de um food truck surrado para vender sanduíches cubanos e outras comidas de rua.

Casper, seu filho Percy e o companheiro de cozinha Martin remodelam o veículo e o transformam em um lindo caminhão de comida.

Eles caem na estrada e produzem um diário no Twitter de sua turnê pelo país.

Influente, Jon Favreau, que produziu, dirigiu e protagonizou o filme, reuniu um elenco estrelar, com Sofia Vergara, Scarlett Johansson e Robert Downey Jr.

É um filme leve e delicioso, para você assistir e se divertir, seja só ou em família.

Está disponível na Amazon Prime Video. Mas não se confunda, pois lá existem dois longas com o mesmo nome. O filme que nós estamos falando aqui é de 2014. O outro é de 2017. 


* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais