Saúde

  1. Notícias
  2. Saúde
  3. Saúde mental na pandemia: você surtou?
Imagem: Getty Images / iStockphoto

Saúde mental na pandemia: você surtou?

Mais da metade da população relatou piora na saúde, durante a pandemia da Covid-19; veja se você é um deles!


Notícias

Dra. Júlia Khoury

Psiquiatra e professora, médica pela UFMG. Psiquiatra pelo Hospital das clínicas da UFMG


A saúde mental da população brasileira piorou muito desde o início da pandemia, assim como a procura por atendimentos psiquiátricos e psicoterápicos. Um estudo realizado pelo Instituto FSB Pesquisa com 2010 indivíduos mostrou que seis a cada dez brasileiros começaram o tratamento depois da pandemia e que 53% da população percebeu piora da saúde mental nesse período.

As principais doenças da pandemia

Dentre os principais tipos de adoecimento mental durante a pandemia estão os transtornos ansiosos, a depressão, a insônia e a Síndrome de Burnout, e todos eles foram mais relatados por mulheres. Além disso, houve aumento do sedentarismo e ganho de peso em 63% das pessoas durante a pandemia.

Por que eu surtei?

As principais causas do adoecimento mental durante a pandemia são o aumento do desemprego e as dificuldades financeiras; o isolamento social e o afastamento de familiares e amigos; a sobrecarga com o trabalho, afazeres domésticos e atividades escolares dos filhos; o aumento da automedicação e da ingestão de álcool e outras drogas; o aumento dos problemas conjugais e do número de divórcios; o falecimento de entes queridos, dentre outros… 

Quem são os mais suscetíveis

As pessoas que já estavam em sofrimento mental e aquelas que já tinham predisposição são as de maior risco para o adoecimento mental durante a pandemia. Ademais, as mulheres também adoeceram mais, por terem assumido maior sobrecarga de afazeres durante esse período.

Síndrome Mental Pós-Covid

O adoecimento mental na pandemia também pode vir sob a forma da “Síndrome Mental Pós-Covid”. Ela pode acontecer em quem teve infecção pelo vírus, ainda que a doença tenha sido leve ou pouco sintomática. A Síndrome Mental Pós-Covid é caracterizada por alterações na cognição e no humor que podem acontecer dias ou semanas após a contaminação. Os principais sintomas são prejuízo da memória para fatos recentes, esquecimento de palavras, dificuldade de concentração, dificuldade de aprendizagem e de planejamento e oscilações do humor. Na maioria das vezes, a melhora acontece com o tempo e ainda não há um tratamento específico para a síndrome. 

Como reduzir o sofrimento mental?

Uma dica para reduzir o sofrimento mental na pandemia é aumentar, no dia-a-dia, as atividades que causam prazer, relaxamento e descontração; estreitar os laços sociais; adquirir um estilo de vida mais saudável, com alimentação balanceada e boas noites de sono; além de reduzir a autocobrança com relação ao trabalho, aos estudos e às atividades do lar. Mas, se você acredita que já apresenta sintomas psicológicos que causam prejuízos na sua funcionalidade, é importante que você procure um profissional de saúde mental para que sejam feitos o diagnóstico e o tratamento corretos!

* Esta coluna tem caráter opinativo e não reflete o posicionamento do grupo.
Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais